Início A Editora Serviços Downloads Apostilas Digitais Convênios Parceiros Contato  
                 
 
CATEGORIAS DO MENU

Programas Jurídicos


Apostilas Digitais


Jurídico


CONVÊNIOS


1ª Promoção

 
  DETALHE DO PRODUTO  
 
DOMINUS GESTOR JURÍDICO
DOMINUS GESTOR JURÍDICO
 
ASSINATURA ANUAL - de R$ 680,00 por R$ 75,00.
 
Estoque: 10000
 

R$ 75,00

Detalhes:

O Dominus Gestor Jurídico é o software ideal para você organizar e controlar de maneira eficiente e segura o trâmite de seus processos, os clientes envolvidos, a gestão financeira de seu escritório, os compromissos/tarefas agendadas e seu próprio banco de jurisprudência e legislação. Você ainda conta com recursos de digitalização de processos, imagens e documentos, armazenando-os no próprio processo cadastro alem da edição de vários modelos pré-configurados, petições, declarações, recibos etc.

Untitled

 

DOMINUS GESTOR JURÍDICO

 

 

MANUAL DE OPERAÇÕES GERAIS DOS SISTEMAS

 

INTRODUÇÃO

Este sistema de gerenciamento de escritórios de advocacia foi desenvolvido ao longo de dezesseis anos com a finalidade de atender aos advogados em seu dia a dia no escritório. Buscamos reunir em um só sistema todos os programas necessários para a condução dos trabalhos em um escritório de advocacia. Esta ferramenta foi desenvolvida para proporcionar ao advogado maior rapidez e confiabilidade na elaboração de atualizações monetárias, gerenciamento de cliente e processos e o controle financeiro do escritório.

 

MANUAL DO USUÁRIO

Este manual foi escrito considerando que o usuário já possua algum conhecimento sobre as técnicas operacionais do Windows, esteja acostumado aos termos técnicos mais comuns (tais como: clicar, arrastar, etc.) e saiba distinguir e operar corretamente todos os periféricos básicos (mouse, unidades de disco, impressoras, etc.) de um microcomputador. Consideramos também que o usuário realizou a instalação do produto no diretório padrão (aquele sugerido pelo programa de instalação).

 

AJUSTANDO O RELÓGIO DA MÁQUINA SERVIDORA E MÁQUINAS DA REDE

 

IMPORTANTE, o usuário deverá configurar a hora e data exata da máquina servidora e ajustar todas as outras máquinas da rede conforme a servidora.

 

Tela da Área de trabalho do Windows

1-Para ajustar o relógio e data o usuário de verá acessar as “Propriedades de Data e Hora do Windows”, clicando duas vezes no marcador de hora no canto inferior direito da área de trabalho.

 

 

 

 

Tela de Propriedades de Data e Hora do Windows

2-Ao abrir as Propriedades de Data e Hora do Windows o usuário deverá alterar corretamente as informações na máquina servidora e nas demais máquinas da rede.

 

PRIMEIRO ACESSO AO SISTEMA

Ao ser acessado pela primeira vez, o usuário deverá clicar sobre o ícone do “Dominus Gestor Jurídico” criado na área de trabalho, após o término da instalação do sistema.

 

Imagem do ícone de acesso

 

 

CADASTRO OBRIGATÓRIO DO ADMINISTRADOR DO SISTEMA

Ao clicar pela primeira vez no ícone de acesso ao sistema, abrirá a tela de cadastro de usuário, onde o usuário deverá cadastrar o “Usuário Administrador”.

 

Tela de Cadastro do Usuário Administrador do Sistema

 

 

 

 

Ao acessar o sistema pela primeira vez, deverá ser cadastrado o usuário administrador, atribuindo-lhe todas as permissões do sistema. O usuário administrador será responsável pelo cadastramento dos demais usuários do sistema, atribuindo a cada um as permissões necessárias.

 

Tela de Loguin no Sistema

 

 

Após o cadastro do usuário Administrador o acesso ao sistema passará a ser feito através da Tela de Loguin no Sistema que será acessado pelo ícone do sistema criado na área de trabalho do computador.

 

Imagem do ícone de acesso

 

 

INICIANDO O SISTEMA

Este Sistema foi idealizado para ser simples e prático, apresenta na tela principal os ícones de todas a funções de forma intuitiva, propiciando acesso rápido a todas as funções do programa.

 

 

A Tela principal apresentará a Barra de Tarefa contendo todos os menus de arquivos e ícones. Para acessá-los basta um clique simples sobre o título ou ícone desejado para sua execução.

 

 

 

I -MENU CADASTROS

 

1-CADASTRO DE USUÁRIOS

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Usuários” para abrir a tela de pesquisa e cadastro de usuários.

 

 

Tela de pesquisa de Usuários

 

 

Esta tela permite que o usuário efetue buscas de outros usuários cadastrados ou inclua novos usuários ao sistema. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá digitar o nome ou código do usuário no campo indicado ou clicar em “LISTAR”, para que seja exibido todos os usuários cadastrados, bastando assim clicar sobre o nome do usuário desejado na lista apresentada para abrir o cadastro. Para novos cadastros o usuário deverá clicar no ícone “Incluir”.

 

Tela de cadastro de usuários

 

 

Nesta tela serão cadastrados os novos usuários.
1-Digitar o nome do usuário, nº da OAB e e-mail;

2-Nas informações complementares, digitar os telefones;

3-Para o envio automático de relatórios, andamentos processuais e outras informações para os clientes do escritório, todos os usuários administradores e advogados, deverão digitar as informações sobre o servidor de saída de e-mail (SMTP), Nome da Conta de e-mail e senha, definindo a seguir se o servidor requer ou não autenticação.

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações, em se tratando de advogados, pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são cruciais para o bom funcionamento do envio automático de relatórios e outras funções.

 

 

4-Nos campos “Menus e Funções”, serão atribuídas as permissões e proibições aos usuários.

 

 

5-O preenchimento dos campos dos Processos On-Line, destinam-se aos usuários que adquirirem o serviço de atualização automática dos movimentos processuais publicados nos Diários Oficiais (Vide condições especiais de contratação deste serviço). Estes campos serão preenchidos com o nome do advogado, que deverá ser exatamente como assina em suas petições, para evitar erros na leitura dos Diários Oficiais, e a senha, que será fornecida pela Editora ao usuário assinante deste serviço.

 

Tela de cadastro do Cabeçalho

 

 

Tela de cadastro do Rodapé

 

 

6-Nos campos Cabeçalho e Rodapé, os usuário poderão personalizar seus impressos inserindo endereços, telefones logomarcas ou quais quer informações pertinentes.

 

 

2-ALTERAR SENHA DE ACESSO

 

Após o cadastro de um usuário pelo Administrador do Sistema, o novo usuário deverá acessar o programa com a senha criada pelo administrador e se desejar, poderá alterá-la conforme sua conveniência.

 

 

 

3-CADASTRO DA EMPRESA OU ESCRITÓRIO

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Empresa” para abrir a tela de cadastro da empresa/escritório.

 

 

Tela de Cadastro da Empresa ou Escritório

 

 

Nesta tela será cadastrado os dados da Empresa ou Escritório.
1-O usuário definirá o tipo de pessoas (Física/Jurídica) e preencherá os demais campos, podendo inclusive inserir a logomarca.

2-o usuário poderá inserir ou excluir os campos de telefone.

 

4-CADASTRO DE CLIENTES

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Clientes” para abrir a tela de pesquisa e cadastro de clientes.

 

 

Tela de pesquisa de Clientes

 

 

Esta tela permite que o usuário efetue buscas de outros clientes cadastrados ou inclua novos clientes ao sistema. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido, ou clicar em “LISTAR”, para que sejam exibidos todos os clientes cadastrados, bastando assim clicar sobre o nome do cliente desejado na lista apresentada para abrir o cadastro. O usuário poderá justificar por ordem numérica ou alfabética clicando na “SETA” verde. Para novos cadastros o usuário deverá clicar no ícone “Incluir”.

 

Tela de cadastro de clientes

 

 

Nesta tela serão cadastrados os novos clientes.
1-Nos campos do menu dados “Pessoais”, alem das informações pessoais, poderá ser inserido fotografia do cliente
para facilitar sua identificação.

 

2-Campos do menu dados “Profissionais”, onde serão cadastrados todas as informações profissionais do cliente.

 

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações, tais como “Data de Admissão”, “Data de Demissão”,”Salário” etc., pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são compartilhadas nos cálculos Trabalhista e Correção Monetária.

 

 

3-Campos de cadastro dos Dependentes. Nestes campos poderão ser cadastrados todos os dependentes ou pessoas que tenham parentesco com o cliente.

 

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações possíveis, pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são cruciais para emissão de relatórios e o gerenciamento das relações entre o escritório e os clientes (CRM).

 

 

5-CADASTRO DE PROCESSOS

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Processos” para abrir a tela de pesquisa e cadastro de processos.

 

 

Tela de pesquisa de Processos

 

 

Esta tela permite que o usuário efetue buscas de outros os processos cadastrados ou inclua novos processos ao sistema. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido, ou clicar em “LISTAR”, para que sejam exibidos todos os processos cadastrados, bastando assim clicar sobre o nome do processo desejado na lista apresentada para abrir o cadastro. O usuário poderá justificar por ordem numérica ou alfabética clicando na “SETA” verde. Para novos cadastros o usuário deverá clicar no ícone “Incluir”.

 

Tela de Cadastro de Processos

 

 

Nesta tela serão cadastrados os novos processos.
1-No menu “Principal” serão cadastradas todas as informações do processo.

2-O usuário conta nesta tela com o cadastro de todas as Seções Judiciária dos TRFs, TRTs, TREs e Comarcas Estaduais, podendo localizar pela Cidade e/ou Comarca, qual tribunal está vinculado.

Cadastro de Outro Serviços

 

 

O usuário poderá utilizar o Cadastro de Processos para cadastrar qualquer tipo de serviço oferecido pelo escritório, observando as adaptações necessárias para que o sistema cumpra sua função que é gerir os serviços. Ex.: consultorias, acessórias, auditorias jurídicas etc.

 

 

2-No menu “Advogados” serão selecionados os advogados que assinaram a ação, estes advogados deverão ser previamente cadastrados como usuários do sistema. Deverá ser marcada a caixa do advogado “Principal Envolvido no Processo”, esta informação é necessária para a baixa automática do movimento processual, posto que, a leitura dos Diários Oficiais são nominais, ou seja, pelo nome do advogado.

 

 

3-No menu “Clientes”, serão selecionados e vinculados ao processo, o cliente ou clientes envolvidos no processo que está sendo incluído. Lembrando sempre que os clientes deverão ser cadastrados previamente.

 

 

4-No menu “Apensos/Conexos/Incidentes”, o usuário irá cadastrar quantos processos apensados e recursos forem necessários, vinculando-os a ação principal, bastando para isso clicar no ícone “Incluir Apensos, Conexos ou Incidentes”. Deverá ser seguida a mesma rotina de cadastro da ação principal.

 

 

5-No menu “Adicionais” (vide item a seguir, CADASTRO DE CAMPOS DE PROCESSOS), o usuário poderá inserir novos campos conforme sua necessidade.

 

 

6-CADASTRO DE CAMPOS DE PROCESSOS

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Campos de Processos” para abrir a tela de cadastro de campos adicionais ao cadastro de processos.

 

 

Tela Cadastro de Abas Adicionais de Processos

 

 

Nesta tela serão cadastrados as abas adicionais do processo.
1-Para inserir as abas adicionais o usuário deverá clicar em “Incluir” e digitar o nome do Título da aba, clicando a seguir em “Salvar”. Após o salvamento as novas abas poderão ser acessadas através do Cadastro de Processos no menu Adicionais, onde o usuário entrará com a digitação das informações a serem armazenadas.

 

Tela Cadastro de Campos de Processos

 

 

Nesta tela serão cadastrados os campos adicionais do processo.
1-Para inserir os campos adicionais o usuário deverá clicar em “Inserir” e selecionar o “Tipo” de informação (texto, data, numero etc.) clicando a seguir em “Salvar”. Após o salvamento os novos campos poderão ser acessados através do Cadastro de Processos no menu Adicionais, onde o usuário entrará com a digitação das informações a serem armazenadas.



7-CADASTRO DE CONTAS FINANCEIRAS

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Contas Financeiras” para abrir a tela de cadastro das contas financeiras.

 

 

Tela de Pesquisa de Contas Financeiras

 

 

Esta tela permite que o usuário efetue buscas de contas cadastradas ou inclua novas contas ao sistema. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido, ou clicar em “LISTAR”, para que sejam exibidas todas as contas cadastradas, bastando assim clicar sobre o nome da conta desejada na lista apresentada para abrir o cadastro. O usuário poderá justificar por ordem numérica ou alfabética clicando na “SETA” verde. Para novos cadastros o usuário deverá clicar no ícone “Incluir”.

 

Tela de Cadastro de Contas Financeiras

 

 

Nesta tela serão cadastradas as contas financeiras:
Ex.: contas bancarias, caixa interno, cartões de crédito etc.
1-O usuário deverá lançar os valores inicias de cada conta cadastrada no sistema.

2-O usuário poderá definir se é uma conta particular do usuário cadastrado e logado no sistema com sua senha, ou se todos da rede terão acesso às informações da conta,. Para isso deverá selecionar no campo “Usuário de Acesso”, seu usuário ou marcar a opção <<TODOS>>, para que todos os usuários possam ter acessos aos dados desta conta financeira.



8-CADASTRO DE FERIADOS E FOLGAS

 

Clique no menu “Cadastro”, logo após no menu “Contas feriados e Folgas” para abrir a tela de cadastro.

 

 

Tela de Cadastro de Feriados e Folgas

 

 

Esta tela permite que o usuário efetue buscas de feriados ou inclua novas datas ao sistema. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (ano, mês, dia etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido, ou clicar em “LISTAR”, para que sejam exibidas todas as datas cadastradas, bastando assim clicar sobre o nome da data desejada na lista apresentada para abrir o cadastro. O usuário poderá justificar por ordem numérica ou alfabética clicando na “SETA” verde. Para novos cadastros o usuário deverá clicar no ícone “incluir”.

 

Obs.: o usuário poderá utilizar esta ferramenta para incluir qualquer data relevante para o escritório ou seus profissionais, alem dos feriados regionais (municipais e estaduais), férias dos advogados ou funcionários, e o mais importante para o “CRM” do as datas de aniversários de seus clientes.

 

 

 

II -MENU SERVIÇOS

 

 

1-AGENDA

 

Esta importantíssima ferramenta possibilitará a organização e gestão de todas as atividades do escritório, do setor administrativo ao jurídico.

Principais funções da Agenda:
1-Agendamento de compromissos
:
Ex.: Consultas, Reuniões, Audiências, Prazos Processuais, Protocolos de Ações, Pagamentos Etc.;

2-Controle de horas trabalhadas (TimeSheet): Gerenciamento total das horas trabalhadas, contabilização e cálculo total da horas e valores das horas.

Para acessá-la clique no menu “Serviços”, logo após no menu “Agenda” para abrir a tela de cadastro de compromissos da agenda.

 

Tela Inicial da Agenda

 

 

Nesta tela serão mostrados todos os compromissos agendados após o cadastramento, possibilitando a pesquisa e consulta.
1-O usuário deverá selecionar a data e hora desejada para marcação de seu compromisso.

2-O usuário deverá clicar em “Incluir” ou sobre a tela de horários à direita para abertura do cadastro de compromissos.

 

Tela de Compromissos Agendados (Dia / Semana / Mês)

 

1-Mostra os compromissos diários;

 

 

2-Mostra os compromissos semanais;

 

3-Mostra os compromissos mensais;

 

 

4-Exibe os compromissos agendados em um determinado período.

 

 

Tela Cadastro de Compromissos ou Agendamento

 

 

Nesta tela serão cadastrados os compromissos na agenda.

1-Após o cadastramento processual o usuário deverá cadastrar na “AGENDA” todas as atividades concernentes ao processo para que o sistema contabilize as horas empregadas, somando a quantidade de horas e o valor a ser cobrado. Para isso, ao efetuar o cadastro na agenda, o usuário deverá atentar-se para:
a) Data Inicial -dia em que foi executada a tarefa ligada ao processo;
b) Hora Inicial: hora em que iniciou as atividades;
c) Data Final: dia em que terminou as atividades;
d) Hora Final: hora em que findou as atividades;
e) O correto preenchimento do campo cliente;
f) O correto preenchimento do campo processo.

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações, pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são cruciais para o bom funcionamento do envio automático de relatórios e outras funções.

 

APURAÇÃO DAS HORAS TRABALHADAS (TimeSheet)

O usuário poderá lançar as horas trabalhadas por processos e demais atividades, determinando valores específicos para cada cliente. Esta ferramenta permitirá ao usuário a gestão total do tempo desprendido em todas as atividades ligadas aos processos e/ou atividades cadastradas, possibilitando a consulta e geração de relatórios conforme sua necessidade.

 

Lançamento das Horas Trabalhadas

 

 

1-O usuário deverá definir no momento do cadastramento processual, o valor a ser cobrado por hora (Vide item 3, subitem 1 -CADASTRO DE PROCESSOS).

 

ATIVANDO O ALERTA DE COMPROMISSOS

Clique no menu “Serviços”, logo após no menu “Alerta de Compromissos” o alerta será acionado e seu ícone será mostrado próximo ao relógio no canto inferior direito da área de trabalho.

 

 

Atenção: Sempre que o alerta estiver ATIVADO seu ícone será mostrado próximo ao relógio.

 

 

 

 

 

 


 

O usuário poderá configurar o “Alerta de Compromissos” para sempre ser iniciado com o Windows. Para isso basta clicar sobre o ícone próximo ao relógio com o lado esquerdo do Mouse, clicando a seguir em “Iniciar com o Windows”.

 

 

2-CADASTRO DE ANDAMENTOS PROCESSUAIS

 

O usuário poderá cadastrar os andamentos processuais acessando o Cadastro de Andamento através da tela de “Cadastro de Processos”; ou

 

 

 


 

Diretamente clicando no menu “Serviços”, logo após no menu “Andamento Processual” para abrir a tela de cadastro do andamento processual.

 

 

 

Tela de pesquisa e Cadastro de Andamentos Processuais

 

 

Após o cadastramento dos processos o usuário deverá vincular o cadastro do andamento ao processo previamente cadastrado.

 

Vinculando o Andamento ao Processo

1-O usuário deverá efetuar a busca do processo ao qual deseja vincular o andamento. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido.

 

2-Após a seleção do processos o usuário deverá clicar em “Exibir” ou dar um duplo clique sobre o processo desejado para abrir o cadastro do andamento.

 

Tela de Cadastro de Andamentos Processuais

 

 

Cadastramento do Andamento

O sistema permite o cadastro de documentos em Texto, imagens/image, PDF e Vídeo, devendo o usuário clicar em qual tipo de documento que deseja armazenar.
Ex.: O usuário poderá escânear um processo inteiro e armazená-lo no sistema.

 

 

 

1-Para conferência, o usuário poderá abrir o cadastro completo do processo selecionado antes da vinculação do andamento. Para isso o usuário deverá clicar sobre o ícone VERDE ao lado do assunto onde aparece o título dos processos.

 

 

2-Após a verificação, o usuário clicará em “Incluir” para cadastrar o andamento processual. (Vide baixa automática do andamento processual, Título VI, item 4 Processo on-Line.)

 

 

Visualização do Documento Cadastrado

 

 

1-Para mostrar os documentos cadastrados o usuário clicará duas vezes sobre a “Descrição” do documento ou clicará uma vez para seleção e logo após no ícone “Exibir”.

 

Tela de Exibição do Documento Cadastrado

 

 

 

 

3-CÁLCULO TRABALHISTA

 

O Módulo de Cálculo Trabalhista foi criado para proporcionar ao advogado maior rapidez e confiabilidade na elaboração de cálculos trabalhistas. O sistema enseja a produção transparente de dados para guiar as tentativas de acordos nos processos trabalhistas e permitir a prolação de sentenças líquidas, e ganham os jurisdicionados e a própria Justiça do Trabalho com a perspectiva de maior êxito na esfera da conciliação e com a possibilidade de maior velocidade na execução, poupada dos corriqueiros incidentes derivados da conta de liquidação.

Clique no menu “Serviços”, logo após no menu “Cálculo Trabalhista” para abrir a tela do cálculo trabalhista.

 

 

Tela de Pesquisa do Cálculo trabalhista

 

 

Nesta tela o usuário poderá consultar, alterar ou apagar cálculos anteriormente armazenados, e incluir novos cálculos vinculando-os a processos cadastrados ou executar cálculos avulsos, para simples demonstração ou impressão. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido. Para executar um novo cálculo, o usuário deverá clicar no ícone “Incluir”.

 

EXECUTANDO NOVO CÁLCULO TRABALHISTA

-Apresentação do Módulo:

Para demonstrar a aplicabilidade do deste módulo apresentaremos uma situação hipotética: Amélia Silva Sauro, empregada da Companhia Mineradora Estrela S/A., recorre à Justiça do Trabalho através de seu advogado que em sua petição inicial (processo 111111111111) descreve que o mesmo foi admitido na função de Agente de Inspeção do Trabalho na data de 07/07/2005, tendo sido demitido, sem justa causa, em 09/12/2010. Informa que no ultimo mês recebia salário de R$ 1000,00. Pede que lhe sejam pagos as seguintes verbas: Aviso Prévio de 30 dias, Saldo de Salário, 13° Salário Proporcional + Incidência de Aviso Prévio, Férias Proporcionais+ Incidência de Aviso Prévio, FGTS sobre as verbas rescisórias, além das devidas deduções (INSS e Imposto de Renda).

 

Obs.: Ao iniciar o preenchimento do campo “RECLAMANTE”, o usuário poderá digitar o nome do reclamante, ou se já estiver previamente cadastrado efetua a busca, o sistema perguntará ao usuário se deseja utilizar os dados profissionais cadastrados no cadastro de clientes, no menu “PROFFISIONAIS”. Este recurso agiliza a execução trazendo as informações básicas diretamente para o cálculo.

 

Tela do Cadastro de Clientes, menu “ Profissionais”

 

 

Tela da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

 

 

Campos da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

- Número do Processo: O usuários poderá vincular o cálculo a um processo preexistente, clicando no ícone LARANJA, localizado ao lado do campo Nº do Processos, ou poderá deixar em branco no caso de cálculos avulsos ou simples demonstração.

 

-Data do Cálculo: o sistema entrará automaticamente com a data do dia em que o cálculo foi executado, ou o usuário se preferir, poderá entrar com a data que desejar.

-Data da Admissão: Data de Início do pacto laboral;

-Data de Demissão: Data de Fim do pacto laboral.
Nesse ponto o sistema está apto a receber as marcações. Cada item de cálculo (Aviso Prévio, Salário, etc...) possui um botão com as opções inerentes a cada verba calculada.

-Aviso Prévio

Obs.: Caso o aviso prévio tenha sido trabalhado, o usuário não deverá marcar o campo “PROJEÇÃO DO AVISO PRÉVIO”.

 

-Horas Extras: Para preenchimento do campo horas extras o usuário deverá multiplicar o numero de horas pelos numero de dias laborados e por fim pelo numero de meses.
Ex.: Um funcionário fez duas horas extra por dia durante quatro meses:
Formula: 2horas x 22dias x 4meses => 2 x 22 x 4= 176 horas extras no período.

-Frações Proporcionais para fins de Cálculo: Digite neste campo o mês da data do cálculo.
Ex.: Mês de “MARÇO” digite o numero 3.

-Salário Básico para fins de Cálculo (no nosso exemplo “1000,00 reais”). Digite o valor no campo correspondente.

 

-Diferenças Salarial

Obs.: Caso seja necessário informar diferenças salarial, o usuário deverá usar o campo próprio. Sendo mais de um os valores da diferença apurar a média das diferenças para alimentar o Sistema.

 

-Adicional de Insalubridade: O percentual do adicional do adicional de insalubridade incide sobre o salário mínimo de que cogita o art. 76 da Consolidação das Leis do Trabalho. O artigo 192 da CLT, por sua vez, define os graus de insalubridade devidos, em função da atividade exercida: 10% -Grau Mínimo 20% -Grau Médio 40% -Grau Máximo

Para aplicar o adicional de periculosidade o usuário deve digitar o percentual no campo correspondente.

 

Obs.: Vale lembrar que o adicional de insalubridade tem caráter transitório, ou seja, no caso do trabalhador deixar de exercer a atividade insalutífera ou com a eliminação dos agentes nocivos o direito à percepção do adicional respectivo cessará.

 

-Adicional de Periculosidade: O valor do adicional de periculosidade será o salário do empregado acrescido de 30%, sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participações nos lucros da empresa. Para aplicar o adicional de periculosidade o usuário deve digitar o percentual no campo correspondente.

 

-Divisor: ( 220, 200, 180)

Para calcular a hora extra o usuário deve digitar o divisor no campo correspondente para aplicação.

 

Obs.: Na ausência de pactuação de horário especial, considerar-se-á a jornada legal de 8 horas diárias, aplicando-se, por conseguinte, o divisor 220 -que resulta da divisão da jornada constitucional (44 horas semanais) por 6, número de dias úteis da semana, multiplicando-se o resultado por 30 conforme arts. 58 e 64 da CLT.

 

O divisor nada mais é do que o padrão mensal da duração do trabalho em contraponto aos padrões semanais e diário existentes. Por isso, para a duração laborativa de quarenta e quatro horas semanais (padrão semanal), o divisor é 220 (padrão mensal), para a duração laborativa de quarenta horas (padrão semanal), o divisor é 200 (padrão mensal) e se essa é de 06 horas, o divisor é 180.

 

Tela da 2ª Seção – Cálculo Trabalhista Campos da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

 

 

-Antepenúltimo Salário: Preenchimento obrigatório, necessários para o cálculo dos valores e números de parcelas de Seguro Desemprego. ( Parcelas de CD/SD – 5ª Seção)

 

-Penúltimo Salário: Preenchimento obrigatório, necessários para o cálculo dos valores e números de parcelas de Seguro Desemprego. ( Parcelas de CD/SD – 5ª Seção)

 

-Ultimo Salário: Preenchimento obrigatório, necessários para o cálculo dos valores e números de parcelas de Seguro Desemprego. ( Parcelas de CD/SD – 5ª Seção)

 

-Correção Monetária

A atualização monetária de débitos trabalhistas, tem critérios próprios definidos pela legislação. A atualização monetária dos créditos trabalhistas tem procedimento definido na Lei nº 8.177/91, que estabelece regras para a desindexação da economia. O índice de correção dos débitos trabalhistas é a TRD, como expresso no art. 39, da Lei nº 8.177/91 -in litteris: A atualização monetária dos débitos trabalhistas, de qualquer natureza, deve incidir a partir do dia do efetivo vencimento da obrigação, não devendo ser considerado o prazo de tolerância previsto no artigo 459 da Consolidação das Leis do Trabalho. O sistema trás esse índice e, é atualizado mensalmente pela Editora de acordo com a tabela divulgada pelo TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO; a única preocupação do usuário é definir a data para qual quer atualizar os valores apurados. Para aplicar o da correção monetária o usuário deve digitar no campo correspondente a data.

 

-Juros de Mora

A forma de apuração dos juros de mora está definida em lei e sua aplicação segue as seguintes regras:
Para reclamações ajuizadas até 26/02/1987 -0,5% a.m. simples
Para reclamações ajuizadas de 27/02/1987 à 03/03/1991 -1,0% a.m. capitalizados
Para reclamações ajuizadas a partir de 04/03/1991 -1,0% a.m. simples Para aplicar o juros de mora o usuário deve selecionar o percentual e digitar no campo correspondente a data.

 

Obs.: Vale frisar que os juros de mora são devidos a partir da data do ajuizamento da reclamação trabalhista na Justiça do Trabalho.

 

Tela da 3ª Seção – Cálculo Trabalhista

 

 

Obs.:O usuário irá marcando as demais verbas ao longo das 6 (seis) seções conforme a necessidade.

 

Campos da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

-Salários Impagos + 50% (Verbas Rescisórias): Segundo o art. 467 da CLT, alterado pela Lei nº 10.272/01, em existindo salários que não tenham sido pagos pela empresa, estes deverão ser quitados em acrescidos de 50%.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de salário controversos.

-Salário: Pagamento do salário percebido pelo funcionário junto a Rescisão.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de salários em aberto.

-Dias de Saldo de Salário: Como no exemplo dado, é o saldo dos dias trabalhados devido ao funcionário.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de dias de saldo.

-13º Salário: Gratificação Natalina, popularmente conhecida como “13º Salário” é a gratificação a que o trabalhador faz jus na proporção de 1/12 avos por mês ou fração acima de 15 dias de exercício durante o respectivo ano civil, correspondente ao valor da remuneração percebida em dezembro.

-Avos, proporcional do 13º salário: Corresponde a parcela de gratificação de natal. Cada mês trabalhado ou fração igual ou superior a 15 dias trabalhados corresponde a 1/12 do 13º salário. Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de meses proporcionas.

 

-Avos, Proporcional do 13º Salário com Horas Extras: Corresponde a parcela de gratificação de natal. Cada mês trabalhado ou fração igual ou superior a 15 dias trabalhados corresponde a 1/12 do 13º salário acrescido das horas extras trabalhadas pelo funcionário.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de meses proporcionas.

-13º Salário com Reflexo das H.E.

-( en 45 tst ): Corresponde a gratificação de natal e correspondente a um salário mensal acrescido das horas extras trabalhadas pelo funcionário. Enunciado n° 45 do TST: A remuneração do serviço suplementar, habitualmente prestado, integra o cálculo da gratificação natalina prevista na Lei nº 4.090, de 1962.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de gratificações vencidas.

-Férias Venc. Não Gozadas + 1/3 Constitucional (Pgto em Dobro): Conforme o Art. 137 da CLT, sempre que as férias forem concedidas após o período de 12 meses subseqüentes à data em que o empregado tiver adquirido o direito o empregador pagará em dobro a respectiva remuneração.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de férias vencidas.

-Férias Venc. Não Gozadas + 1/3 Const. + Reflexos HE em Dobro: Conforme o Art. 137 da CLT, sempre que as férias forem concedidas após o período de 12 meses subseqüentes à data em que o empregado tiver adquirido o direito o empregador pagará em dobro a respectiva remuneração, acrescido das horas extras trabalhadas pelo funcionário.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de férias vencidas.

-Férias Vencidas + 1/3 Constitucional: Devidas se completado o período aquisitivo e ainda não gozadas pelo empregado. Cabe quantia equivalente a férias vencidas. Ainda que dispensado por justa causa ou pedir demissão terá direito a férias vencidas. O valor das férias corresponde ao salário mensal acrescido de 1/3. São devidas seja o empregado dispensado com ou sem justa causa ( desde que já completado mais de um ano que caracteriza o período aquisitivo ), peça demissão ou dispensa indireta. Na hipótese de término de prazo contratual inferior a um ano não haverá direito a férias vencidas, só a férias proporcionais.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de férias vencidas.

-Proporcionais de Férias + 1/3 Constitucional: Caso o empregado seja dispensado antes de completar o período aquisitivo terá direito a férias proporcionais que são calculadas levando em conta o número de meses trabalhados multiplicado por 1/12 do salário mensal, este acrescido de 1/3. Caso o empregado seja despedido por justa causa ( antes de completar um ano de serviço ou após um ano de serviço ) perderá o direito a férias proporcionais. O demissionário que trabalha a menos de um ano não tem direito a férias proporcionais. Se pedir demissão após trabalhar mais de um ano tem direito a férias proporcionais. Se despedido sem justa causa terá direito a férias proporcionais qualquer que seja o tempo de serviço.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de meses proporcionas.

-Férias vencidas + Reflexos He, + 1/3 Constitucional: Devidas se completado o período aquisitivo e ainda não gozadas pelo empregado, acrescido das horas extras trabalhadas pelo funcionário.
Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de férias vencidas.

-Proporcionais de Férias + Reflexos He + 1/3 Constitucional: Caso o empregado seja dispensado antes de completar o período aquisitivo terá direito a férias proporcionais que são calculadas levando em conta o número de meses trabalhados multiplicado por 1/12 do salário mensal, este acrescido de 1/3 e das horas extras trabalhadas Para aplicar esta verba o usuário deve digitar no campo correspondente o número de meses proporcionas.

Tela da 4ª Seção – Cálculo Trabalhista Campos da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

 

 

-Descanso Semanal Remunerado (DRS) Impagos, com Pagamento em Dobro: O Art. 7º, inciso XV e parágrafo único da CF, garante aos trabalhadores urbanos e rurais o direito ao repouso semanal remunerado, preferencialmente aos domingos e legislação infraconstitucional (Lei 605/49), prevê o pagamento em dobro do descanso semanal remunerado.
Para aplicação desta verba o usuário deve digitar no campo correspondente a quantidade de DSR não pagos.

-Horas Noturnas Normais: A hora noturna normal tem a duração de 60 (sessenta) minutos. A hora noturna, nas atividades urbanas, deve ser paga com um acréscimo de no mínimo 20% (vinte por cento) sobre o valor da hora diurna, exceto condições mais benéficas previstas em acordo, convenção coletiva ou sentença normativa.
Para a aplicação desta verba o usuário deve digitar no campo o número de horas do período.

-Horas Noturnas Reduzidas: A hora noturna, por disposição legal, nas atividades urbanas, é computada como sendo de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos. Ou seja, cada hora noturna sofre a redução de 7 minutos e 30 segundos ou ainda 12,5% sobre o valor da hora diurna, sofrendo um acréscimo de 20% (vinte por cento) sobre o valor da hora diurna.
Para a aplicação desta verba o usuário deve digitar no campo o número de horas do período.

-Horas Extras Noturnas: Havendo prestação de horas extras no horário noturno, o empregado fará jus aos adicionais noturno e extra (20% + 50%, vide convenção coletiva no que diz respeito ao valor dos percentuais), cumulativamente, conforme Enunciado II da Súmula nº 60 TST: “Cumprida integralmente a jornada no período
noturno e prorrogada esta, devido é também o adicional quanto às horas prorrogadas. Exegese do art. 73, § 5º, da CLT.”

Para a aplicação desta verba o usuário deve digitar no campo o número de horas do período.

-HORA “IN ITINERE”: É o tempo de ida e volta gasto pelo empregado até o local de trabalho, quando este é de difícil acesso, não é servido por transporte público regular e a condução é fornecida pelo empregador. Ele é contado como tempo de serviço, ou seja, hora extra. Estes campos são de marcação automática, devendo o usuário definir apenas no primeiro campo o número de horas do período.

 

Tela da 5ª Seção – Cálculo Trabalhista

 

 

Campos da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

-Indenização Substitutiva do FGTS ( 8% A/M +): (Multa rescisória do FGTS) Para aplicar esta indenização basta o usuário marcar o campo.
A legislação estabelece os seguintes casos em que a multa rescisória é devida aos trabalhadores optantes do FGTS, assim como os respectivos valores:
-Dispensa sem justa causa -40%
-Dispensa sem justa causa indireta (reconhecida pela Justiça) -40%
-Rescisão com culpa recíproca (reconhecida pela Justiça) -20%
-Rescisão por motivo de força maior (reconhecida pela Justiça) -20%
-Rescisão do contrato de trabalho por tempo determinado dependendo do caso – 20, 40% ou 50%.

O fato do trabalhador ter completado o tempo de contribuição para fins de aposentadoria não afasta o direito de receber a multa em caso de dispensa imotivada, ainda que indireta.
Nos casos em que o trabalhador é dispensado e já preenche os requisitos para dar entrada na aposentadoria, a multa é devida, pois ele primeiro foi demitido, logo, terminou o contrato de trabalho por iniciativa do empregador.
Se o empregado, durante o contrato de trabalho, requerer e obtiver a concessão da aposentadoria, não terá direito à multa rescisória. O mesmo vale para o pedido de demissão por iniciativa do empregado.

-Multa do art. 477 da CLT: Para aplicar a multa basta o usuário marcar o campo.

“Art. 477-É assegurado a todo empregado, não existindo prazo estipulado para a terminação do respectivo g pg ppp p contrato, e quando não haja ele dado motivo para cessação das relações de trabalho, o direto de haver do empregador uma indenização, paga na base da maior remuneração que tenha percebido na mesma empresa”. (Redação dada pela Lei nº 5.584, de 26.6.1970).

 

-Meses/Cotas de salário Família: O usuário deverá digitar no respectivo campo o número de cotas a serem pagas pelo Reclamado, observando a regra estabelecida pelo Ministério da Previdência. Caso o salário base seja maior que o valor estabelecido pelo Ministério da Previdência, o campo permanecerá zerado.

 

-Parcelas de CD/SD: O Seguro-Desemprego é um benefício que permite uma assistência financeira temporária em razão de sua demissão, garantido pelo art. 7º dos Direitos Sociais da Constituição Federal.

 

-Multa por Infringir a CCT (Convenção Coletiva de Trabalho): Havendo a inobservância de alguma convenção trabalhista o usuário deverá entrar com o valor da multa no respectivo campo.

 

Tela da 6ª Seção – Cálculo Trabalhista

 

 

Campos da 1ª Seção – Cálculo Trabalhista

-Outras Verbas e Indenizações: O usuário poderá utilizar estes campos para a inclusão de outras verbas e indenizações caso necessite. O programa ao final do cálculo somará estas entradas que também aparecerão no Relatório (Planilha de Cálculo)

 

-Total Bruto das Parcelas Atualizado: Apresenta o total do cálculo sem as deduções do IRRF e Contribuição do INSS.

 

-Dedução por Dependentes: Caso tenha IRRF a recolher o usuário deverá informar se existem dependentes para a dedução no imposto.

 

-Contribuição do INSS: O usuário fará a marcação no respectivo campos para a cobrança do INSS devido.

 

-Pagamento das Parcelas Equivalentes ao FGTS: Caso o Reclamado não tenha recolhido o FGTS do Reclamante, o usuário deverá digitar a quantidade de contribuições que estão em debito.

 

-Honorários Advocatícios: Neste campos o usuário definirá o percentual de honorário será cobrado.

 

Obs.: O programa calcula imediatamente após cada marcação das verbas desejadas, possibilitando ao usuário visualizar o resultado, acompanhando o cálculo e interagindo com o sistema.

 

 

4-CORREÇÃO MONETÁRIA

 

O sistema de Correção Monetária é uma ferramenta concebida para proporcionar ao Advogado maior rapidez e confiabilidade na elaboração de atualizações monetárias.

Clique no menu “Serviços”, logo após no menu “Correção Monetária” para abrir a tela do correção monetária.

 

 

Tela de Pesquisa do Correção Monetária

 

 

Nesta tela o usuário poderá consultar, alterar ou apagar cálculos anteriormente armazenados, e incluir novos cálculos vinculando-os a processos cadastrados ou executar cálculos avulsos, para simples demonstração ou impressão. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido. Para executar um novo cálculo, o usuário deverá clicar no ícone “Incluir”.

 

EXECUTANDO CÁLCULO DE VALOR ÚNICO

-Apresentação do Módulo:

Para demonstrar a aplicabilidade do deste módulo apresentaremos uma situação hipotética: A Companhia Mineradora Estrela S/A, comprou na loja da Amélia Silva Sauro, R$ 1.000,00 em material de segurança do trabalho, pagamento em cheque pré-datado para 13/12/2005. Acontece que o cheque depositado na data combinada retornou por insuficiência de fundos.

 

-Número do Processo: O usuários poderá vincular o cálculo a um processo preexistente, clicando no ícone LARANJA, localizado ao lado do campo Nº do Processos, ou poderá deixar em branco no caso de cálculos avulsos ou simples demonstração.

 

Tela do Cálculo de Valor único

 

 

Será aberta a Tela inicial, onde o usuário deverá entrar com a o nome do Devedor e do Credor, o número do processo, selecionar o índice a ser utilizado e o tipo de cálculo (valor único ou vários valores ou prestações) para a atualização.

 

1-O Programa de Correção Monetária utiliza 28 índices e taxas:
(CDI, TAXA DE JUROS DE LONGO PRAZO (TJLP), ICV-SP (DIEESE), TR, SALÁRIO MÍNIMO, DOLAR, EURO, CUB-SP (SINDUSCON), IGPDI, IGPM (FGV), INCC, TBF, INPC (IBGE), IPC (FIPE), IPC (FGV), IPCA (IBGE), IPCAE, POUPANÇA, SELIC, TJMG, TJSC, TJRJ, TJSP)

2-Os Campos de preenchimento automático não estão indisponíveis para a digitação.

 

3-O programa calcula juros Simples e Composto, bastando o usuário definir.

 

Tela de Detalhamento do Cálculo

 

 

-Detalhamento do cálculo O Cálculo apresenta o histórico mês a mês bastando clicar na aba “DETALHAMENTO”.

 

EXECUTANDO CÁLCULO DE PRESTAÇÕES (VÁRIOS VALORES)

O usuário irá alimentar o sistema como no cálculo simples, ou seja, nome do devedor, índice e o TIPO DO CÁLCULO, e deverá selecionar no “TIPO DE CÁLCULO” Vários Valores. Após os dados básicos, o usuário deverá definir a data de atualização, o Juros, Simples ou Composto e seu percentual.

 

 

Somente após ter preenchido todos estes campos que o usuário irá digitar os valores e as datas das prestações.

Para alimentar estes campos com as informações necessárias ao cálculo, o usuário poderá clicar no ícone ICLUIR para adicionar novo campo de digitação.
O ícone SALVAR salva a parcela incluída.
O ícone APAGAR exclui a parcela.
O ícone CANCELAR cancela a parcela vazia.
O ícone EDITAR edita parcelas incluídas.
Após o preenchimento das prestações o usuário passará aos demais campos para a finalização do cálculo.



 

III-MENU FINANCEIRO

 

1-CADASTRO DE CONTAS A RECEBER

 

Clique no menu “Financeiro”, logo após no menu “Contas a Receber” para abrir a tela de pesquisa de contas a receber.

 

Tela de Pesquisa de Contas a Receber

 

 

Nesta tela o usuário poderá consultar, alterar ou apagar valores a receber anteriormente armazenados, e incluir novos valores vinculando-os a clientes ou processos cadastrados. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, conta, categoria etc.), Situação (todas, em aberto, pagas vencidas) o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido.

 

Tela de Lançamento das Contas a Receber

 

 

Neste campo o usuário cadastrará todos os valores a receber, podendo anexar aos clientes e processos cadastrados ou outras finalidades que o usuário desejar.
Exemplos de contas a receber: despesas de cartório, gastos processuais, honorários etc.

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações, pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são cruciais para o bom funcionamento do envio automático de relatórios e outras funções.

 

Para efetuar os lançamentos o usuário deverá:
1-Preencher o campo descrição ou inserir o nome do cliente;
2-Preencher o campo categoria;
3-Selecionar uma das contas previamente cadastradas (Bancos, caixas internos etc.)

Ex.: se for um recebimento por depósito selecionar qual conta bancária, ou pagamento diretamente efetuado no
escritório selecionar o caixa interno.

Lançamentos de Parcelas

 

 

Chamamos uma especial atenção para o lançamento das parcelas e o preenchimento dos campos pertinentes.

 

1-Preenchimento do campo “Periodicidade”: O usuário deverá definir a periodicidade:

 

Ex.: se for um pagamento mensal e for mês a mês, o usuário marcara “1” e “Mês” , se for um pagamento de dois em dois meses, deverá marcar “2” e “Mês”, e assim sucessivamente conforme sua necessidade. A mesma regra aplica-se a Dia, Semana e Ano.

 

2-Preenchimento do campo “1º Vencimento”: O usuário deverá definir uma data para o primeiro pagamento.

 

3-Preenchimento do campo “Duração”: O usuário deverá determinar o número de parcelas que serão pagas, se for uma ou mais deverão ser marcadas na caixa, se forem pagamentos regulares como aluguéis ou mensalidades de serviços, deverá alterar no campo correspondente, mudando de “Parcelas” para opção “SEMPRE”. Isto feito, as prestações serão lançadas indefinidamente. O usuário deverá ainda definir se deseja que estas prestações caiam em quaisquer dias ou apenas em “Dias úteis”, marcando assim esta opção.

 

4-Preenchimento do campo “1º Documento e Valor”: Para finalizar o lançamento o usuário ira digitar o primeiro número da prestação e inserir o valor, clicando a seguir em “LANÇAR”, para efetuar a marcação.

 

5-O menu “Processos” possibilita a vinculação da conta a um determinado processo previamente cadastrado.

 

6-O menu “Observações” possibilita a inclusão de informações adicionais sobre a conta cadastrada.

 

Liquidação de Parcelas

 

 

Para liquidar valores pagos ou debitados, o usuário deverá selecionar a parcela ou valor único, preencher os campos do menu “Liquidação de Parcela”, clicando a seguir no ícone “Liquidar”, para efetuar o lançamento.

 

Estorno de Parcelas

 

 

Para estornar valores pagos ou debitados, o usuário deverá selecionar a parcela ou valor único e dar um duplo clique, ou clicar no ícone “Estornar”, para cancelar o lançamento.

 

 

2-CADASTRO DE CONTAS A PAGAR

 

Clique no menu “Financeiro”, logo após no menu “Contas a Pagar” para abrir a tela de pesquisa de contas a pagar.

 

 

Tela de Pesquisa de Contas a Pagar

 

 

Nesta tela o usuário poderá consultar, alterar ou apagar valores a pagar anteriormente armazenados, e incluir novos valores vinculando-os a clientes ou processos cadastrados. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, conta, categoria etc.), Situação (todas, em aberto, pagas vencidas) o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido.

 

Tela de Lançamento das Contas a Pagar

 

 

Neste campo o usuário cadastrará todos os valores a pagar, podendo anexar aos clientes e processos cadastrados ou outras finalidades que o usuário desejar.
Exemplos de contas a pagar: despesas de cartório, gastos processuais, contas de água, luz, telefones, funcionários etc.

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações, pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são cruciais para o bom funcionamento do envio automático de relatórios e outras funções.

 

Para efetuar os lançamentos o usuário deverá:
1-Preencher o campo descrição ou inserir o nome do cliente;
2-Preencher o campo categoria;
3-Selecionar uma das contas previamente cadastradas (Bancos, caixas internos etc.)

Ex.: se for um pagamento através de conta bancaria, selecionar qual conta bancária, ou pagamento diretamente efetuado pelo escritório selecionar o caixa interno.

Lançamentos de Parcelas

 

 

Chamamos uma especial atenção para o lançamento das parcelas e o preenchimento dos campos pertinentes.

 

1-Preenchimento do campo “Periodicidade”: O usuário deverá definir a periodicidade:

 

Ex.: se for um pagamento mensal e for mês a mês, o usuário marcara “1” e “Mês” , se for um pagamento de dois em dois meses, deverá marcar “2” e “Mês”, e assim sucessivamente conforme sua necessidade. A mesma regra aplica-se a Dia, Semana e Ano.

 

2-Preenchimento do campo “1º Vencimento”: O usuário deverá definir uma data para o primeiro pagamento.

 

3-Preenchimento do campo “Duração”: O usuário deverá determinar o número de parcelas que serão pagas, se for uma ou mais deverão ser marcadas na caixa, se forem pagamentos regulares como aluguéis ou mensalidades de serviços, deverá alterar no campo correspondente, mudando de “Parcelas” para opção “SEMPRE”. Isto feito, as prestações serão lançadas indefinidamente. O usuário deverá ainda definir se deseja que estas prestações caiam em quaisquer dias ou apenas em “Dias úteis”, marcando assim esta opção.

 

4-Preenchimento do campo “1º Documento e Valor”: Para finalizar o lançamento o usuário ira digitar o primeiro número da prestação e inserir o valor, clicando a seguir em “LANÇAR”, para efetuar a marcação.

 

5-O menu “Processos” possibilita a vinculação da conta a um determinado processo previamente cadastrado.

 

6-O menu “Observações” possibilita a inclusão de informações adicionais sobre a conta cadastrada.

 

Liquidação de Parcelas

 

 

Para liquidar valores pagos ou debitados, o usuário deverá selecionar a parcela ou valor único, preencher os campos do menu “Liquidação de Parcela”, clicando a seguir no ícone “Liquidar”, para efetuar o lançamento.

 

Estorno de Parcelas

 

 

Para estornar valores pagos ou debitados, o usuário deverá selecionar a parcela ou valor único e dar um duplo clique, ou clicar no ícone “Estornar”, para cancelar o lançamento.

 

 

3-CADASTRO DE TRANSFERÊNCIAS

 

Clique no menu “Financeiro”, logo após no menu “Transferências” para abrir a tela de pesquisa de transferências.

 

 

Tela de Pesquisa de Transferências

 

 

Nesta tela o usuário poderá consultar, alterar ou apagar valores anteriormente armazenados para transferência de um caixa para outro, e incluir novos valores vinculando-os a clientes ou processos cadastrados. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, conta, categoria etc.), Situação (todas, em aberto, pagas vencidas) o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido.

 

Ex.: Transferir R$ 500,00 do Caixa Interno do escritório para a conta do escritório no Banco do Brasil.

 

Tela de Lançamento das Transferências

 

 

Neste campo o usuário cadastrará todos os valores que pretende transferir de uma conta para outra (interna para externa e visse versa), podendo anexar aos clientes e processos cadastrados ou outras finalidades que o usuário desejar.
Exemplos de transferências: despesas de cartório, gastos processuais, contas de água, luz, telefones, funcionários etc, de uma conta interna para as contas bancárias ou outras que o usuário determinar.

Obs.: É importante, nesta parte do cadastro, o preenchimento do maior número de informações, pois lembramos que todos os módulos interagem-se e estas informações são cruciais para o bom funcionamento do envio automático de relatórios e outras funções.

 

Para efetuar os lançamentos o usuário deverá:
1-Preencher o campo descrição ou inserir o nome do cliente;
2-Preencher o campo categoria;
3-Selecionar uma das contas previamente cadastradas (Bancos, caixas internos etc.)

Ex.: se for um pagamento através de conta bancaria, selecionar qual conta bancária, ou pagamento diretamente efetuado pelo escritório selecionar o caixa interno.

Lançamentos de Parcelas

 

 

Chamamos uma especial atenção para o lançamento das parcelas e o preenchimento dos campos pertinentes.

 

1-Preenchimento do campo “Periodicidade”: O usuário deverá definir a periodicidade:

 

Ex.: se for um pagamento mensal e for mês a mês, o usuário marcara “1” e “Mês” , se for um pagamento de dois em dois meses, deverá marcar “2” e “Mês”, e assim sucessivamente conforme sua necessidade. A mesma regra aplica-se a Dia, Semana e Ano.

 

2-Preenchimento do campo “1º Vencimento”: O usuário deverá definir uma data para o primeiro pagamento.

 

3-Preenchimento do campo “Duração”: O usuário deverá determinar o número de parcelas que serão pagas, se for uma ou mais deverão ser marcadas na caixa, se forem pagamentos regulares como aluguéis ou mensalidades de serviços, deverá alterar no campo correspondente, mudando de “Parcelas” para opção “SEMPRE”. Isto feito, as prestações serão lançadas indefinidamente. O usuário deverá ainda definir se deseja que estas prestações caiam em quaisquer dias ou apenas em “Dias úteis”, marcando assim esta opção.

 

4-Preenchimento do campo “1º Documento e Valor”: Para finalizar o lançamento o usuário ira digitar o primeiro número da prestação e inserir o valor, clicando a seguir em “LANÇAR”, para efetuar a marcação.

 

5-O menu “Processos” possibilita a vinculação da conta a um determinado processo previamente cadastrado.

 

6-O menu “Observações” possibilita a inclusão de informações adicionais sobre a conta cadastrada.

 

 

7-No menu “Transferência” o usuário deverá determinar a conta financeira de destino, a Categoria e Subcategoria.

 

Liquidação de Parcelas

 

 

Para liquidar valores transferidos, o usuário deverá selecionar a parcela ou valor único, preencher os campos do menu “Liquidação de Parcela”, clicando a seguir no ícone “Liquidar”, para efetuar a transferência.

 

Estorno de Parcelas

 

 

Para estornar valores transferidos, o usuário deverá selecionar a parcela ou valor único e dar um duplo clique, ou clicar no ícone “Estornar”, para cancelar a transferência.

 

4-MOVIMENTO Clique no menu “Financeiro”, logo após no menu “Movimento” para abrir a tela de pesquisa de movimentos.

 

 

Tela de Pesquisa de Movimentos

 

 

Obs.: entende-se por “MOVIMENTO” todas as transações financeira LIQUIDADAS, ou seja, todas as parcelas e valores que foram liquidadas no Contas a Receber, Pagar e Transferências.

 

Nesta tela o usuário poderá consultar, e imprimir toda a movimentação financeira do escritório.

 

1-Selecione a conta financeira e o período e clique em “Imprimir.”

 

Tela de Impressão da Movimentação Financeira

 

 

Salvando a Movimentação Financeira

 

 

Toda a movimentação financeira poderá ser salva em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento.

 

 

IV-MENU RELATÓRIOS/PESQUISAS E CRM

 

1-CADASTRO DE PESQUISAS

 

Clique no menu “Pesquisas e CRM”, logo após no menu “Pesquisas” para abrir a tela de pesquisas. Chamamos a especial atenção do usuário para esta ferramenta que alem de possibilitar a criação de “Relatórios Cruzados” de todas as informações contidas nos cadastros de Processos e Clientes, irá gerenciar o relacionamento entre o escritório e seus clientes.

Informação Importante:

O Customer Relationship Management é uma abordagem que coloca o cliente no centro do desenho dos processos do negócio, sendo desenhado para perceber e antecipar as necessidades dos clientes atuais e potenciais, de forma a procurar supri-las da melhor forma. Trata-se, sem dúvida, de uma estratégia de negócio, em primeira linha, que posteriormente se consubstancia em soluções tecnológicas. É assim um sistema integrado de gestão com foco no cliente, constituído por um conjunto de procedimentos/processos organizados e integrados num modelo de gestão de negócios. Os softwares que auxiliam e apoiam esta gestão são normalmente denominados sistemas de CRM. Os processos de gestão que assentam em CRMs estão, sem dúvida, na linha da frente em termos estratégicos não apenas em termos de marketing, mas também, a médio prazo, ao nível econômico-financeiro. Com efeito, empresas que conhecem profundamente os seus clientes, o que precisam, em que o perfil de consumidor se enquadra, conseguem criar respostas personalizadas, antecipando as suas vontades e respondendo de forma precisa aos seus desejos atuais. A tecnologia responderá apenas à estratégia da empresa a este nível, auxiliando na captura de dados acerca do cliente e fontes externas e na consolidação de uma data warehouse central, de modo a tornar a estratégia global de CRM mais inteligente. Adicionalmente, integra o marketing e as tecnologias de informação já existentes, de forma a dotar a empresa de meios eficazes e integrados de atender, reconhecendo e cuidando do cliente em tempo real. As aplicações de CRM transformam os dados recolhidos em informação que, quando disseminada permite a identificação do cliente e a compreensão do seu perfil.

 

 

Tela de Busca e Criação de nova Pesquisas

 

Através desta ferramenta o usuário poderá criar, com base em todas as informações cadastradas no sistema, diversas
pesquisas na base de dados gerando relatórios para diversas finalidades.
Ex.: pesquisa da data de aniversários de todos os clientes etc.

Tela de Configuração da Pesquisa

 

 

Esta tela permite que o usuário crie a pesquisa adequando os parâmetros a sua necessidade: Ex.: relatório de clientes que fazem aniversário em dezembro.

 

Criando a pesquisa

1-Campo “Título”: o usuário definirá um título para sua pesquisa, este procedimento auxilia na busca das pesquisas criadas.

 

 

2-Menu “Condições”: neste menu o usuário deverá clicar no ícone “ Incluir Condição” para abrir os campos de parâmetro, onde poderá efetuar uma pesquisa simples ou cruzada.

 

 

Pesquisa Simples: Apenas um campos de parâmetro.

 

 

Pesquisa Cruzada: Dois Campos de parâmetro.

 

3-Campos de Parâmetros: Cadastro, Campo, Condições e valores.

 

 

a) O usuário poderá selecionar no menu “Cadastro” as opções “Clientes” ou “Processos”, conforme as informações que desejar incluir na pesquisa.

 

 

b) Menu “Campo”: neste menu o usuário ira definir o critério para a criação da pesquisa:

Ex.: Para buscar todos os aniversariantes do mês de dezembro o critério utilizado foi “Data de Nascimento”.

 

c) Menu “Condições”: neste menu o usuário definirá as condições de busca para a montagem da pesquisa.

 

 

d) Menu “Valores”: neste menu o usuário irá digitar números ou letras conforme a busca que deseja efetuar para a montagem da pesquisa.

 

Ex.: Para buscar todos os aniversariantes do mês de dezembro o critério utilizado para o menu valores foi o número “12” que refere-se ao mês de dezembro.

 

 

4-Menu “Resultado”: após definir todos os critérios de busca para a criação da pesquisa, usurário deverá clicar no ícone “Ver Resultado” ou no menu “Resultado”, para mostra a pesquisa.

 

 

Tela de Resultado

 

 

Obs.: Nesta tela será apresentada a pesquisa efetuada com base nos critérios definidos na função anterior, onde o usuário poderá marcar quais os campos deseja imprimir ou armazenar como relatório. Este recurso cria uma maior interação entre o escritório e o cliente. Possibilitando o envio de mensagens e relatórios por e-mail, estreita o relacionamento com seu cliente sem a necessidade de paralisação de seus trabalhos.

 

Armazenando, imprimindo ou enviando a Pesquisa por e-mail

1-para armazenar os resultados da pesquisa, o usuário deverá definir quais os campos deseja mostrar, clicado no box da informação que desejada inserir.

 

 

2-após a definição dos campos o usuário clicará em imprimir para visualizar o relatório que será impresso ou armazenado.
a) para impressão basta clicar na figura da impressora.

 

Salvando o resultado da pesquisa como relatório

 

 

O usuário poderá salvar as pesquisas em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento.

 

Utilizando a Pesquisa no CRM

Como já dissemos o a base do CRM é o relacionamento entre a empresa e os clientes. Esta ferramenta é de grande importância para esta filosofia.

 

Enviando uma mensagem por E-mail

1-Com base no exemplo anterior, o usuário utilizará a pesquisa para selecionar todos os clientes cadastrado aniversariando em dezembro. 2-Após a este procedimento o usuário clicará no ícone E-mail, para abrir o editor de textos para edição da mensagem.

 

 

Editando a Mensagem

1-Mensagem de texto: A mensagem será digitada no Editor de Textos e o usuário fará uso de todos os recursos disponíveis desta ferramenta. Após digitar a mensagem, o usuário deverá preencher o campo “Assunto” e clicar no ícone “Enviar”.

 

 

2-imagens/image: A mensagem será anexada no Editor de Textos e o usuário fará uso de todos os recursos disponíveis desta ferramenta. Após anexar a mensagem, o usuário deverá preencher o campo “Assunto” e clicar no ícone “Enviar”.

 

 

 

V-MENU FERRAMENTAS

1-AGENDA DE CONTATOS

 

Para acessá-la clique no menu “Ferramentas”, logo após no menu “Agenda de Contatos” para abrir a tela de cadastro de contatos.

 

 

Tela de Pesquisa de Contatos

 

 

Esta tela permite que o usuário efetue as buscas de todos os contatos cadastrados ou inclua novos contato ao sistema. Para efetuar a pesquisa, o usuário deverá selecionar o Campo (código, nome, assunto etc.), o Tipo de Busca (Comece com, Contenha etc.) e digitar a informação pertinente ao Campo escolhido, ou clicar em “LISTAR”, para que sejam exibidos todos os contatos cadastrados, bastando assim clicar sobre o nome do contato desejado na lista apresentada, para abrir o cadastro. O usuário poderá justificar por ordem numérica ou alfabética clicando na “SETA” verde. Para novos cadastros o usuário deverá clicar em incluir.

 

Tela de cadastro de Contatos

 

 

Nesta tela serão cadastrados os novos contatos.
1-Nestes campos alem das informações pessoais, poderá ser inserido a fotografia do contato para facilitar sua identificação.

2-BIBLIOTECA

Para acessá-la clique no menu “Ferramentas”, logo após no menu “Biblioteca” para abrir a tela de cadastro de contatos.

 

Tela de pesquisa de Bibliotecas

 

 

Nesta tela o usuário poderá buscar Bibliotecas cadastradas ou efetuar novos cadastros clicando em “incluir”.

 

Tela de Cadastro de Bibliotecas

 

 

Nesta tela o usuário poderá criar quantas bibliotecas necessitar, incluindo dos documentos posteriormente no cadastro do Banco de Informações. Ex.: Petições Criminais, Petições Trabalhistas, Requerimentos, Procurações, Legislação, Jurisprudências etc. e dentro destas biblioteca serão cadastrados os documentos no cadastro do banco de informações .

 

 

 

3-BANCO DE INFORMAÇÕES

 

O usuários poderá inserir qualquer tipo de documento, texto, PDF, imagens/image ou vídeo aos títulos das bibliotecas cadastradas anteriormente no cadastro de Bibliotecas, item 2.

Para acessá-la clique no menu “Ferramentas”, logo após no menu “Banco de Informações” para abrir a tela de cadastro de documentos.

 

 

Tela de pesquisa do Banco de Informações

 

 

Nesta tela o usuário poderá buscar as Bibliotecas cadastradas e efetuar o cadastro dos documentos anexando a biblioteca. Para isso basta selecionar a biblioteca desejada e clicar em “incluir”.

 

Tela de cadastro do Banco de Informação

 

 

Nesta tela o usuário poderá incluir nas bibliotecas cadastradas todos os documentos que achar necessários criando sua própria biblioteca jurídica.

Ex.: Modelos Petições Criminais, Petições Trabalhistas, Requerimentos, Procurações, Legislação, Jurisprudências etc.

 



4-PROCESSOS On-Line

 

Esta ferramenta efetuará a leitura diária do Diário do Judiciário e baixará toda a publicação processual no Módulo de Andamento Processual do sistema.

(Vide condições especiais de contratação deste serviço).

Para acessá-la clique no menu “Ferramentas”, logo após no menu “ Processos On-Line” para abrir a tela de cadastro de documentos.

 

 

Tela de Atualização do Processo On-Line

 

 

Conforme vimos no item 1 (Cadastro de Usuários), subitem 5, após o cadastramento do nome do advogado e da sena fornecida pela Editora para os clientes contratantes deste serviço, o sistema estará apto a baixar as publicações processuais diretamente dos Diários Oficiais. Para isso o usuário deverá selecionar no calendário o dia que deseja atualizar e clicar a seguir no ícone “Incluir”, para dar inicio as atualizações. O sistema fará a leitura do Tribunal ou tribunais conforme serviço contratado.

 

 

Tela de Verificação Concluída

 

 

Ao finalizar a atualização dos andamentos processuais, o sistema mostrará a mensagem de verificação concluída, onde poderá vir informando que algumas atualizações não foram importadas. Esta mensagem refere-se ao andamento de processos assinado pelo advogado que está efetuando a atualização, mas que não cadastrou todos os seus processos, ou seja, a mensagem refere-se a andamentos processuais que não encontraram correspondência numérica no cadastro de processos. Desta forma o sistema somente importará para o andamento processual aquele processo previamente cadastrado cuja numeração esteja em conformidade com a numeração publicada nos diários oficiais.

 

 

VI-RELATÓRIOS

 

1-RELATÓRIOS DE HORAS TRABALHADAS

 

Para acessá-lo clique no menu “Relatórios”, logo após no menu “Horas Trabalhadas” para abrir a tela de relatório.

 

 

Tela de Filtro do Relatório

 

 

O usuário deverá determinar os critérios para a criação do relatório conforme sua necessidade.

 

Tela de Visualização do Relatório

 

 

Salvando o resultado da pesquisa como relatório

 

 

O usuário poderá salvar os relatório em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento. Para impressão basta clicar na figura da impressora.

 

 

 

2-RELATÓRIOS DE COMPROMISSOS POR PERÍODO

 

Para acessá-lo clique no menu “Relatórios”, logo após no menu “Compromissos por Período” para abrir a tela de relatório.

 

 

Tela de Filtro do Relatório

 

 

O usuário deverá determinar os critérios para a criação do relatório conforme sua necessidade.

 

Tela de Visualização do Relatório

 

 

Salvando o resultado da pesquisa como relatório

 

 

O usuário poderá salvar os relatório em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento. Para impressão basta clicar na figura da impressora.

 

 

3-RELATÓRIOS DE CONTAS A RECEBER

 

Para acessá-lo clique no menu “Relatórios”, logo após no menu “Contas a Receber” para abrir a tela de relatório.

 

 

Tela de Filtro do Relatório

 

 

O usuário deverá determinar os critérios para a criação do relatório conforme sua necessidade.

 

Tela de Visualização do Relatório Salvando o resultado da pesquisa como relatório

 

 

 

O usuário poderá salvar os relatório em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento. Para impressão basta clicar na figura da impressora.

 

 

 

4-RELATÓRIOS DE CONTARSA PAGAR

 

Para acessá-lo clique no menu “Relatórios”, logo após no menu “Contas a Pagar” para abrir a tela de relatório.

 

 

Tela de Filtro do Relatório

 

 

O usuário deverá determinar os critérios para a criação do relatório conforme sua necessidade.

 

Tela de Visualização do Relatório Salvando o resultado da pesquisa como relatório

 

 

 

O usuário poderá salvar os relatório em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento. Para impressão basta clicar na figura da impressora.

 

 

 

5-RELATÓRIOS DE AUDITORIA INTERNA

 

IMPORTANTE: Este Relatório somente será exibido na máquina “Servidora” e seu objetivo é fiscalizar e demonstrar todas as operações efetuadas no sistema por todos os usuário.

Para acessá-lo clique no menu “Relatórios”, logo após no menu “Contas a Pagar” para abrir a tela de relatório.

 

 

Tela de Filtro do Relatório

 

 

O usuário deverá determinar os critérios para a criação do relatório conforme sua necessidade.

 

Tela de Visualização do Relatório

 

 

Salvando o resultado da pesquisa como relatório

 

 

O usuário poderá salvar os relatório em diversas extensões de arquivos, PDF, RTF(Rich Text Format), HTM etc, facilitando o envio por e-mail e armazenamento. Para impressão basta clicar na figura da impressora.

 

 

 

VII-BACKUP (CÓPIAS DE SEGURANÇA)

1-BACKUP

 

Após a instalação do sistema, será criado automaticamente na MÁQUINA SERVIDORA um ícone na área de notificação do Windows.

 

 

Este ícone é o executável do “BACKUP (CÓPIAS DE SEGURANÇA)”

 

 

 

 

VIII- MENU MODELOS DE IMPRESSOS

 

1- CADASTRO DE MODELOS DE IMPRESSOS

 

 

Clique no menu “Cadastros, logo após no menu “Modelos de Impressos” para abrir a tela de cadastro de modelos de impressos.

 

 

Abrirá a tela de cadastro de Modelos de Impressos, onde o usuário poderá selecionar um modelo cadastrado ou incluir novos modelos.

 

Para cadastrar novos modelos, o usuário deverá clicar em “Incluir” e colar o novo modelo no “Editor de Textos”.

 

2- CONFIGUÇÃO DOS MODELOS DE IMPRESSOS

 

O usuário deverá negritar com o “Mouse” a parte do texto que será alterada sempre que for emitir uma peça.

Exemplo:

 

 

 

 

Após negritar o trecho do texto a ser alterado clique em “Informações do Cadastro” e  selecione o item relacionado ao trecho que deseja alterar e logo após em “Campo” repetindo o mesmo procedimento.

 

 

 

 

Após selecionar os itens “Informações do Cadastro” e  “Campo”  o usuário deverá salvar as modificações para que as mesma tornem-se padrão para este modelo. Para salvar as configurações o usuário deverá clicar em no ícone “Inserir”, verificando se o trecho negritado foi corretamente modificado.

 

 

Este procedimento deverá ser repetido em todos os trechos alteráveis do modelo ficando inalterado apenas as partes a parte padrão do texto. 

 

 

 

3- SALVANDO A CONFIGUÇÃO DO MODELO DE IMPRESSO

 

 

Após efetuar as alterações em todos os trechos necessários, o usuário deverá nomear o modelo e clicar no ícone “salvar” no canto inferior direito do rodapé do editora de texto para armazenar o modelo. 

 

 

4- IMPRESSÃO DE MODELO DE IMPRESSO

 

Para a impressão dos modelos pré-configurado armazenados no sistema, o usuário devera acessar o menu “Ferramentas” e selecionar a opção “Emissão de Impressos”.

 

 

 

Após abrir a caixa de “Emissão de Impressos” o usuário selecionará o modelo que deseja imprimir.

 

 

 

 

Após abrir o impresso o usuário deverá clicar na aba “Dados” selecionar o nome do Advogado e do cliente para o preenchimento automático dos campos pré-configurados e após clicar em “Imprimir” para a visualização do impresso preenchido.

 
 

 


 

Após a verificação do preenchimento, estando tudo certo, o usuário deverá clicar no ícone da “Impressora” para enviar o impresso para a impressão.